20/03/2012

Do Re Mi...

 

Eu acho que minha primeira aula de piano foi quando eu tinha uns 5-6 anos. Eu lembro que tinha uma mulher que morava na frente da nossa casa de me dava umas aulinhas. Eu acho que era isso, minha mãe vai ter que confirmar, porque eu não me lembro muito bem. Mas eu lembro quando compranos o nosso piano. Estava super feliz e animada. Só que ai eu passei por uma LONGA fase, em que eu odiava tocar piano. Não queria, não gostava, e me sentia injustiçada por ser obrigada a tocar piano. 


Drama de criança é uma coisa né?

 Eu lembro que meu pai falava que aprender a tocar piano era que nem matematica e portugues, não tinha não querer, tinha que aprender e pronto.



 Ai quando tinha uns 13 anos eu passei a amar piano. Ainda bem que meus pais insistiram tanto, porque se eles tivessem deixado eu parar. Eu adorava tocar piano, aprender musicas novas, praticar e ainda poder ajudar na Igreja tocando hinos. Depois que sai de casa, eu comecei a sentir uma falta danada do piano. A casa nunca parecia completa sem um piano. Tinha dias que tudo que eu mais queria era sentar no piano e tocar, tocar e tocar. 



Ai quando tinha uns 13 anos eu passei a amar piano. Ainda bem que meus pais insistiram tanto, porque se eles tivessem deixado eu parar. Eu adorava tocar piano, aprender musicas novas, praticar e ainda poder ajudar na Igreja tocando hinos. Depois que sai de casa, eu comecei a sentir uma falta danada do piano. A casa nunca parecia completa sem um piano. Tinha dias que tudo que eu mais queria era sentar no piano e tocar, tocar e toca. 


Hoje quando eu vejo meus filhotinhos sentados no piano, fico super feliz. O Thomas "toca" e canta direto. E as meninas acompanham o irmão. Aqui em casa, aprender piano também não vai ser opcional. E é bem capaz que eles passem pela mesma fase pela qual eu passei, e se passarem eu por insistir assim como meus pais insistiram. Porque música é importante, e é mais importante ainda a gente reconhecer os talentos dos nossos filhos e investir e incentivar esses talentos. 
O Thomas tem muito talento musical. Ele vive cantanto, e sempre super afinado e no ritmo certo. Quando ele toca e canta no piano, as notas claro não são as certas, mas o ritmo é sempre perfeito. Por isso coloquei aqueles papeisinhos para começar a ensiná-lo. 
Eu espero que esse gosto para música continue a crescer, e que eu posso sempre encontrar a melhor maneira de incentivar os talentos musicais dos meus filho. 
Hoje eu sou grata pela insistencia dos meus pais, e entendo porque eles achavam tão importante que eu aprendesse a tocar piano, e me arrependo ter demorado tanto para entender. 
Então, aqui vai um mega OBRIGADA aos meus pais, por não terem desistido apesar das minhas crises dramáticas. Amo vocês. :o)

6 comentários:

Flávia M. Augusto Sphair disse...

Pois é, passei pela mesma história, no começo eu gostava, queria ser igual minha irmã que tocava suas primeiras músicas, aí veio a fase do "odeio piano", e minha mãe insistindo, até meus 14 anos , quando parei de fazer ginástica, aí tomei gosto, e hoje sinto muita falta de não ter um em casa, principalmente na Igreja, vivo carregando partituras pra lá e pra cá pra aproveitar onde tem.

E acho que quando tiver meus pequenos, tbém vou fazer igual a vc, dar um jeito de conseguir meu piano, e fazer o mesmo ciclo!

Bjos!

Ellen Nellie disse...

Eu sou doida pra aprender. Tbm fiz aula quando pequena e na fase q eu desisti meus pais nao insistiram. Hoje me arrependo e espero que eu ainda tenha tempo pra aprender. Piano eh a coisa mais linda!!!!!!
Que bom q vc voltou a postar Anna! Estava sentindo falta.
Beijooooo

Nancy disse...

eu nao passei pela fase de odiar, só de achar q eu tinha q estudar mto. Em tempos de audição, eu odiava passar 3, 4 horas no piano. Mas não me arrependo. Ele é a base da minha profissão, me ajudou a decicir o que eu faria da minha vida, me acalma e eu espero sinceramente que as meninas gostem sem eu ter q oberigar, mas se precisar, eu obrigo sim...hehehe. E q bom q o thomas já gosta sem ter a obrigação de tocar..bjin

Phoenix Luz-Costa disse...

Amem pra tudo! Piano deve ser o 1ro instrumento que uma crianca deve aprender (na minha opniao); e bem, nao preciso nem dizer a importancia da musica na minha vida que ja comeco a chorar, hehe cresci com musica sendo uma prioridade na nossa casa. Tanto que dei o nome para minha filha de Melody, hahah.. "sem pressao, coitada" Mas minha meta eh de que ela possa nao necessariamente seguir uma carreira musical (como cantora ou instrumentista) mas sim ter apreciacao musical e poder de preferencia, tocar pelo menos os hinos da igreja e cantar in tune! Continue firme ai com os seus pequenos, que vou continuar aqui com os meus!e boa sorte pra nos nesta jornada! bjos. =)

Saly disse...

Pois é norinha, eu já não fui tão persistente como seus pais e me arrepende AMARGAMENTE. Mas fico muuuuuiiito feliz em saber e ver meus netinhos tendo oportunidade e incentivo. E quem sabe agora com piano em casa o meu filho não se anime pra desenvolver este dom. Pra quem tocava de ouvido aos 8 anos de idade, quem sabe neh??? Dá uma forçadinha aí, e vou ter mais um motivo pra ser imensamente grata a vc... heheh...

Shi e Nando disse...

Que legal, quem me dera ter tido a oportunidade de aprender a tocar piano desde cedo! Agora teremos um curso na ala para aprender! Legal tambem vc estar ensinando seus filhos! Adoro seu blog, Anna. Vou continuar lendo seus posts.
Um beijo